segunda-feira, 9 de abril de 2018

Hotel de luxo no espaço receberá seus primeiros hóspedes em 2022

Pablo Marques

Aurora Station pretende receber os primeiros turistas espaciais em 2022

Aurora Station pretende receber os primeiros turistas espaciais em 2022

Divulgação
Em apenas quatro anos, o Aurora Station deverá receber seus primeiros hóspedes no espaço, segundo informações da Bloomberg. O hotel orbitará a Terra a uma distância de 320 km do solo. Se tudo der certo, será a primeira vez que pessoas comuns terão a experiência de ser um astronauta.
A proposta da Orion Span, empresa que irá operar a Aurora Station, é levar pessoas comuns para o espaço, mas o custo do pacote não é para qualquer um. Para 12 dias de hospedagem é preciso desembolsar US$ 9,5 milhões, cerca de US$ 791,66 por noite. Os interessados precisam fazer um depósito de US$ 80 mil para garantir uma reserva. A capacidade máxima é de 6 pessoas acomodadas em suítes para até 2 ocupantes.
A capacidade máxima da Aurora Station é de seis pessoas

A capacidade máxima da Aurora Station é de seis pessoas

Divulgação

O mais esperado por todos que já sonharam em estar no espaço algum dia é a experiência de flutuar no ar. Estar em órbita é como estar caindo sem fim e por isso as pessoas têm a sensação de estar voado, a chamada popularmente de "gravidade zero".
O Aurora Station dará uma volta completa na Terra a cada 90 minutos. Por isso, será possível assistir o amanhecer e o entardecer cerca de 384 várias vezes durante a hospedagem. Também será uma oportunidade para assistir a uma aurora direto do espaço. 
“Nós queremos levar pessoas para o espaço porque é a última fronteira para nossa civilização", disse Frank Bunger, fundador e CEO da Orion Span, para a Bloomberg. 
O Aurora Station deverá ser lançado em 2021 para começar a receber os primeiros hóspedes no ano seguinte, em 2022. Empresas como a Space X, de Elon Musk, Blue Origin, de Jeff Bezos, e Virgin Galactic, de Richard Branson, também estão na disputa para levar os primeiros turistas ao espaço. 

Fonte:R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog