domingo, 18 de março de 2018

Puigdemont diz que deveria ter declarado antes a independência da Catalunha

Carles Puigdemont, em foto de dezembro de 2017 (Foto: Francois Lenoir/Reuters)
O presidente destituído da Catalunha, Carles Puigdemont, disse em uma entrevista publicada neste domingo que deveria ter proclamado antes a independência da região espanhola. Segundo ele, a decisão de atrasá-la, esperando poder dialogar com o governo central, foi infrutífera.
"Há algo que eu teria feito diferente. No dia 10 de outubro, previmos proclamar a independência, mas decidi suspender seus efeitos para deixar uma porta aberta ao diálogo com o governo espanhol", disse ao jornal suíço Tribune de Geneve.
Segundo o líder separatista, fontes governamentais o pediram para que fizesse dessa maneira.
"Agi de maneira responsável, e até mesmo arriscada porque todo mundo esperava uma proclamação efetiva. Decidi dar uma chance ao diálogo", disse Puigdemont.
"Infelizmente, era uma armadilha porque não houve nenhuma reação positiva do governo. Se voltasse no tempo, eu não suspenderia a proclamação de independência", disse a jornal.
Este fim de semana Puigdemont viajou a Genebra para assistir a um festival de cinema sobre direitos humanos.
Segundo Puigdemont, o objetivo de sua viagem não é pedir às autoridades suíças que facilitem negociações com o governo espanhol.
Puigdemont pode ser detido se retornar à Espanha por seu papel na declaração de independência da Catalunha.

Fonte:AFP e G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog