sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Transmissões esportivas garantem boa audiência à Band

Felipe Brandão

Band foi muito bem com quarta esportiva
Segmento consagrado entre o público de casa, a cobertura esportiva continua rendendo ótimos índices de audiência para a Band.
Exibido entre 12h14 e 14h21, o jogo entre Brasil e Honduras, válido pela Copa do Mundo Sub-17, alcançou 3 pontos de média com pico de 4 e 7% de share (número de televisores ligados), ante 11 da Globo, 9 da Record e 7 do SBT.
Já a transmissão da partida entre Anderlecht e PSG, pela Liga dos Campeões da Europa, narrada por Téo José e comentada por Neto, conquistou a vice-liderança isolada no horário em que foi ao ar (16h45 às 18h36), marcando 8 pontos de média, com picos 11 e 15% de participação.
Na mesma faixa, a Record (6 pontos) ficou em terceiro lugar com a exibição do "Cidade Alerta" e da novela "Os Dez Mandamentos", enquanto o SBT (5), que veiculou a trinca de folhetins mexicanos "Sortilégio", "No Limite da Paixão" e "Um Caminho Para o Destino", amargou a quarta posição. A Globo (16), por sua vez, liderou transmitindo "Senhora do Destino" e "Malhação - Viva a Diferença".
Transmitido na sequência da Liga dos Campeões, o "Brasil Urgente" segurou a vice-liderança, cravando média de 8 pontos, com direito a picos de 11 e share de 14%. O SBT (7) e a Record (5) ficaram respectivamente na terceira e quarta colocações da faixa, liderada pela Globo (22).
Quem também se beneficiou com a boa audiência dos programas precursores foi o "Jornal da Band" - que, apesar de não se manter no segundo lugar, garantiu a terceira posição com sua média de 6 pontos, atrás da Globo (27) e do SBT (7) - a Record ficou em quarto, com apenas 5 pontos.

Fonte:RD1

Santos fica no empate e perde outra chance de encostar no Corinthians

André Ruoco


Ricardo Oliveira marcou o gol do Santos contra o Sport, na Ilha do Retiro
Ricardo Oliveira marcou o gol do Santos contra o Sport, na Ilha do RetiroGuga Matos/Estadão Conteúdo
De olho no líder Corinthians, o Santos teve mais uma chance de diminuir a diferença para o primeiro colocado e novamente desperdiçou. O Peixe viajou até Recife para encarar o Sport e ficou apenas no empate por 1 a 1, na 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o ponto conquistado, o Santos chega a 50 e continua nove pontos atrás do Timão. Além disso, a equipe da Vila Belmiro ainda perdeu uma posição e agora é apenas o quarto colocado. 
O Sport, por sua vez, chega a 35 pontos e segue próximo da zona de rebaixamento, ocupando a 14ª posição na tabela.
Ricardo Oliveira foi o responsável por colocar o time da Baixada na frente do placar, chutando forte na saída do goleiro Magrão. Na etapa final, Rogério marcou gol de empate e deu números finais ao jogo.
Os dois times voltam a campo no fim de semana. O Santos enfrentará o Atlético-GO, na Vila Belmiro, enquanto que o Sport jogará contra o Atlético-PR, em Curitiba.

Fonte:R7

Horário de verão derruba audiência de novelas da Globo, exceto de “A Força do Querer”

Felipe Brandão

"A Força do Querer" foi a única novela "imune" ao horário de verão
Em alta nos últimos meses, a audiência da maior parte das novelas globais vem sofrendo nos últimos dias com o impacto da chegada do horário de verão, que entrou em operação em boa parte dos estados brasileiros no último domingo (15).
A reprise de "Senhora do Destino", por exemplo, fechou o capítulo desta quarta-feira (18) com média de apenas 17 pontos, picos de 20 e share (número de televisores ligados) de 34% - resultado baixo, considerando o fato de estar em sua reta final. Exibida na sequência, "Malhação - Viva a Diferença" também viu sua audiência habitual cair, anotando 16 pontos, com pico de 20 e share de 31%.
O "efeito horário de verão" continuou sendo sentido na faixa das 18h e das 19h. Sempre acima dos 20 pontos desde sua estreia, "Tempo de Amar" obteve apenas 18 de média, 22 de pico e 31% de share. Já "Pega Pega" cravou 26 pontos, com pico de 30 e share de 42%.
A única novela a não sofrer quedas nos números de audiência por conta do novo fuso horário foi "A Força do Querer", que se encontra atualmente em sua última semana. A trama de Glória Perez marcou na última terça (17) seu recorde absoluto de audiência - 46 pontos, com pico de 49 - e consolidou ontem 39 pontos de média, com direito a picos de 46 e share de 54%.
Fonte:RD1

Com gols de Rever e Diego, Flamengo goleia Bahia por 4 a 1

Zagueiro Rever comemora seus gols contra o Bahia, na Ilha do Urubu
Zagueiro Rever comemora seus gols contra o Bahia, na Ilha do UrubuJorge Rodrigues/Estadão Conteúdo
O Flamengo entrou em campo nesta quinta-feira (19) com a obrigação de somar três pontos. E a missão foi cumprida. O Rubro-negro encarou o Bahia e goleou por 4 a 1.

Com o resultado, o time engata mais um triunfo no Brasileirão e sobe para a sexta colocação, somando agora 46 pontos. O Bahia segue com 35 e continua mais próximo do Z-4. 
Rever, zagueiro artilheiro do Flamengo, marcou os dois primeiros e Diego, meio-campista, completou a goleada com mais dois. 
O responsável por anotar o tento de honra dos baianos foi o atacante Mendoza, de pênalti.
Na próxima rodada, o Flamengo enfrentará o São Paulo, no Pacaembu. Já o Bahia terá o clássico contra o Vitória, na Fonte Nova.

Fonte:R7 e Estadão

Netflix quer lançar pelo menos 80 filmes originais em 2018

Henrique Brinco
Netflix quer lançar pelo menos 80 filmes originais em 2018
Netflix aposta cada vez mais em conteúdo exclusivo
Netflix planeja lançar pelo menos cerca de 80 filmes originais no próximo ano, de acordo com o chefe de conteúdo Ted Sarandos.
As produções devem oscilar entre filmes de orçamento reduzido do tipo "independente", na linha do Festival de Sundance, e longas à la blockbuster, como "Bright"  - a fantasia de US$ 90 milhões dirigida por David Ayer e estrelada por Will Smith, que vai estrear em 22 de dezembro na plataforma.
Outro grande investimento é "The Irishman", o filme de Martin Scorsese com Robert De Niro, Al Pacino e Joe Pesci, que conta com um orçamento em torno de US$ 46 milhões e deve estrear em 2019.
Segundo Sarandos, a expectativa é que "Bright" mostre o potencial da iniciativa de filmes originais, que pode chegar ao mesmo patamar das produções de séries da Netflix.
Recentemente, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas estabeleceu um comitê para sondar as intenções da Netflix de receber um Oscar no futuro.
Fonte:RD1

Borja desencanta na vitória do Palmeiras sobre Ponte Preta

André Ruoco

De cabeça, Borja marcou o segundo gol do Palmeiras contra Ponte Preta
De cabeça, Borja marcou o segundo gol do Palmeiras contra Ponte PretaLuis Moura/Estadão Conteúdo
O Palmeiras entrou em campo na noite desta quinta-feira (19) e conquistou três pontos importantes pelo Campeonato Brasileiro, graças aos gols de Keno e Borja, que enfim desencantou e voltou a marcar após quase quatro meses de seca. 

Com o resultado, o Verdão chega a 50 pontos e diminui a diferença para o Corinthians, ficando agora nove atrás do rival. A Ponte permanece com 32 e segue na zona de rebaixamento da principal competição do País.
Quem colocou o Verdão na frente foi Keno. Após defesa de Aranha em chute de Moisés, o camisa 27, que havia dado três assistências na rodada passada, mostrou que também sabe fazer gol e tocou com categoria para marcar. Ainda na etapa inicial, Willian deixou o campo lesionado e Borja entrou em seu lugar.

A entrada do colombiano surtiu efeito no segundo tempo. O camisa 9 recebeu lançamento de Keno, chapelou Aranha e tocou de cabeça para o gol vazio, dando números finais ao jogo.
Antes do apito final, no entanto, Alberto Valentim, técnico do Palmeiras após a saída de Cuca, promoveu a entrada de Arouca. O volante se recuperou de lesão no tornozelo e voltou a ser relacionado após cerca de sete meses fora. 
Na próxima rodada, o Alviverde terá pela frente o Grêmio, em Porto Alegre, enquanto que a Macaca enfrentará o Avaí, em Campinas. Ambos os jogos serão disputados no domingo. 

Fonte:R7

Sony se inspira na Record e produzirá série bíblica sobre Maria Madalena



 
María Fernanda Yepes protagonizará "María Magdalena"
O filão das séries e novelas bíblicas, que vem sendo explorado com sucesso pela Record desde 2010, começou a despertar a atenção em outras redes de entretenimento mundo afora.
A divisão latina da Sony Pictures anunciou nesta semana a produção de uma série bíblica centrada na figura de Maria Madalena, a prostituta que se tornou seguidora de Jesus Cristo e mudou sua vida em nome da fé.
"María Magdalena" será rodada a partir de janeiro no México, em parceria com a produtora local Dopamine, e terá como protagonista a atriz colombiana María Fernanda Yepes, estrela da série "Rosário", exibida nas madrugadas da Band em 2014.
O elenco também contará com a presença do conhecido ator colombiano Manolo Cardona, que interpretará Jesus Cristo na atração. Ele é famoso por ter participado da série "Narcos", da Netflix, e por ter interpretado o ex-marido de Grazi Massafera na novela global "Aquele Beijo", em 2011.
"María Magdalena" deve estrear até o segundo semestre de 2018 no México, na grade da TV Azteca, e na Colômbia, pelo canal RCN.
Não é de se estranhar o interesse da Sony em produzir uma narrativa bíblica voltada ao público latino. Novelas brasileiras de temática similar, como "Os Dez Mandamentos" e "A Terra Prometida", fizeram sucesso estrondoso em países como México, Argentina, Uruguai e Chile, onde foram ao ar dubladas em espanhol.

Fonte:RD1

Atlético-PR vira para cima do Vitória e mantém calvário do rival dentro de casa



O Atlético-PR bem que sabia da fama de bom anfitrião do Vitória. E se aproveitou dela. Na noite desta quinta-feira, o Furacão venceu a equipe baiana por 3 a 2, no estádio do Barradão, em Salvador, jogo válido pela 29ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Ribamar, duas vezes, e Douglas Coutinho marcaram para os paranaenses, enquanto Neilton, de pênalti, e Tréllez descontaram. Foi a quinta partida consecutiva do Leão sem triunfo em casa.

A derrota coloca o Rubro-Negro baiano na 16ª posição, apenas um à frente do Sport, que abre a zona do rebaixamento. O Furacão sobe duas posições e vai a 9º . O próximo compromisso do Vitória é o clássico Ba-Vi, que será disputado neste domingo, às 16h (horário de Salvador), na Arena Fonte Nova, enquanto o Atlético-PR encara o Sport, no mesmo dia e horário, na Arena da Baixada.
Atlético-PR bate o Vitória dentro do Barradão (Foto: Estadão Conteúdo)Atlético-PR bate o Vitória dentro do Barradão (Foto: Estadão Conteúdo)
Atlético-PR bate o Vitória dentro do Barradão (Foto: Estadão Conteúdo)
PRIMEIRO TEMPO
O gol de Ribamar aos três minutos de jogo deve ter feito gelar a espinha do torcedor rubro-negro, tão maltratado nos jogos dentro de casa. Os jogadores também sentiram, tanto que os minutos subsequentes foram de uma atuação fraca, com uma infinidade de cruzamentos sem direção. Com 15 minutos de jogo, já eram dez, sendo que nove errados.
Com o gol marcado no início, o Furacão recuou e deixou que o adversário ocupasse o seu campo de defesa. Principal válvula de escape do Vitória na primeira etapa, Caíque Sá, responsável por alguns desses cruzamentos, acertou o pé. Acionado por Yago, ele mandou no meio da confusão, a defesa do Atlético-PR bateu cabeça, e Juninho sofreu pênalti. Neilton bateu e converteu.
SEGUNDO TEMPO
A superioridade do Leão permaneceu na volta do intervalo. E não demorou para que a equipe virasse o placar. David fez grande jogada pela esquerda, invadiu a área e serviu Tréllez, que empurrou para o fundo das redes. Com paciência, o Vitória continuou trocando passes e mandando no jogo, porém, por excesso de capricho, perdeu a chance de ampliar. O exemplo mais claro foi um gol perdido por David, que tentou aplicar mais um drible em vez de finalizar e foi desarmado.
O castigo não tardou. Tréllez perdeu bola no meio-campo, o Furacão saiu em contra-ataque e Douglas Coutinho, sozinho dentro da área, empatou. O que era ruim piorou quando Ribamar recebeu cruzamento na medida de Guilherme e testou forte, sem chance para o goleiro Caíque. O Vitória foi para o tudo ou nada, na base do abafa e sem organização, mas não conseguiu evitar mais um revés dentro de casa.

Fonte:Globoesporte.com

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Chandelly Braz fará participação especial em “O Outro Lado do Paraíso”

Chandelly Braz será Aline em "O Outro Lado do Paraíso"
Chandelly Braz vai estrear no horário nobre da Globo. A atriz de 32 anos fará uma participação especial no primeiro capítulo de "O Outro Lado do Paraíso", que estreia na próxima segunda (23) no lugar de "A Força do Querer".
Ela interpretará Aline, primeira esposa do destemperado Gael (Sérgio Guizé). Agredida pelo marido, Aline pedirá a separação, mas será convencida pela mãe do rapaz, Sophia (Marieta Severo), a não denunciá-lo em troca de uma pequena fortuna.
Chandelly, aliás, já tem novo trabalho engatilhado na "vênus platinada". Ela integrará o elenco fixo de "Orgulho e Paixão", novela de Marcos Bernstein que substituirá "Tempo de Amar" a partir de março. Sua personagem será a espevitada e romântica Mariana, irmã mais nova da heroína Elizabeta (Nathália Dill).
A artista, vale lembrar, se destacou no ano passado interpretando a vilã Carmela em "Haja Coração", sucesso na faixa das 19h.

Fonte:RD1

Kia comemora fim do Inovar-Auto e confirma 4 lançamentos para 2018

Kia Stinger (Foto: David Guralnick/Detroit News via AP)
Kia Stinger (Foto: David Guralnick/Detroit News via AP)

O ano nem acabou, mas a Kia já está comemorando o fim do regime automotivo Inovar-Auto. A fabricante coreana confirmou nesta quinta-feira (19) o lançamento de 4 novos modelos para 2018.

Com o Inovar-Auto, a Kia tem uma cota de 4.800 carros importados que não pagam o "super IPI" de 30 pontos adicionais. Como o programa termina em 31 de dezembro, a marca ficará livre da sobretaxa a partir de 1º de janeiro.
Já contando com a melhora nas condições, a Kia imagina emplacar 20 mil veículos em 2018. Como comparação, em 2016 a empresa vendeu pouco mais de 10 mil unidades. Entre janeiro e setembro de 2017, foram outros 6,2 mil veículos comercializados.
O otimismo também deve refletir na rede de concessionárias. Os coreanos esperam abrir 25 novos pontos de vendas ao longo do próximo ano. Destes, 10 devem ser inaugurados já em janeiro.

Kia Rio (Foto: Divulgação)
Kia Rio (Foto: Divulgação)

Lançamentos

Até pelas condições "desfavoráveis", alguns lançamentos que eram esperados para este ano acabaram adiados. É o caso do subcompacto Picanto, que chega em nova geração com o "sobrenome" GT e do compacto Rio, prometido há anos, mas que só no ano que vem irá finalmente ser vendido.
O primeiro vai manter o atual 1.0 de 3 cilindros e 80 cavalos, enquanto o segundo traz o mesmo 1.6 de 130 cv do sedã Cerato (compartilhado com Hyundai Creta).

Kia Picanto no Salão de Genebra 2017 (Foto: Newspress)
Kia Picanto no Salão de Genebra 2017 (Foto: Newspress)
Além da dupla, que deve representar maior volume, a Kia também confirmou o sedã Stinger, com motores 2.0 turbo de 255 cv e V6 3.3 turbo de 370 cv. O quarto produto é o sedã Cadenza, que retorna ao Brasil. Ele trará um motor V6 de 290 cv.
A Kia ainda depende da definição do governo sobre incentivar carros híbridos e elétricos. Se a nova política for favorável no ponto de vista da fabricante, ainda podem pintar por aqui modelos como os híbridos Optima e Niro e o Soul elétrico.

Estande da Kia exibe o Niro no Salão do Automóvel de São Paulo 2016 (Foto: Flavio Moraes/G1)
Estande da Kia exibe o Niro no Salão do Automóvel de São Paulo 2016 (Foto: Flavio Moraes/G1)

Fonte:G1

Em novo final, Rubinho e Sabiá são mortos por policiais em “A Força do Querer”

Daniel Ribeiro

Gravações de "A Força do Querer" sugerem novo final para Rubinho e Sabiá
A equipe de "A Força do Querer", comandada por Rogério Gomes, vem gravando outros desfechos dos principais personagens da trama de Glória Perez para confundir a imprensa. Em um desses finais, filmado nesta quarta-feira (18) e divulgado pelo jornal "Extra", Sabiá (Jonathan Azevedo) também terá um fim trágico.
Ao lado de Rubinho (Emílio Dantas), o comandante do tráfico de drogas do Morro do Beco será morto pela polícia durante um confronto na comunidade. O operação será comandada por Jeiza (Paolla Oliveira).
Toda a confusão começará após o ex-marido de Bibi (Juliana Paes) tentar passar a perna no amigo. Um tiroteio se iniciará no local e a polícia será chamada.
Na última terça-feira (17), os atores gravaram outro final, que por enquanto é trabalhado como o mais provável para ir ao ar na sexta-feira, quando o folhetim terá seu último capítulo exibido. Neste, Rubinho é assassinado por Sabiá e acaba sendo preso por Jeiza.

Fonte:RD1

Nissan suspende produção no Japão após escândalo que causou recall de 1,2 milhão de carros

Fábrica da Nissan no Japão (Foto: Divulgação)
Fábrica da Nissan no Japão (Foto: Divulgação)

A Nissan anunciou nesta quinta-feira (19) que vai suspender toda a produção destinada ao mercado japonês, enquanto lida com um escândalo de inspeção crescente que já levou ao "recall" cerca de 1,2 milhão de veículos.

O anúncio foi feito semanas após a segunda maior fabricante japonesa admitir que equipes sem autorização adequada conduziam as inspeções finais em alguns veículos destinados ao mercado doméstico, antes que fossem enviados para as concessionárias.
Nesta quinta, ela disse que um terceiro investigador descobriu que a prática continuou em três das seis fábricas japoneses, mesmo após a tomada de medidas para encerrar a crise. O presidente culpou "velhos hábitos".
"Você poderia dizer que é fácil parar pessoas que não deveriam inspecionar de fazê-lo", disse o presidente da Nissan, Hiroto Saikawa, em coletiva de imprensa nesta quinta.
Sede da Nissan no Japão (Foto: Divulgação)Sede da Nissan no Japão (Foto: Divulgação)
Sede da Nissan no Japão (Foto: Divulgação)
"Mas estamos tendo que tomar (novas medidas) a fim de interromper velhos hábitos que fizeram parte das operações rotineiras nas fábricas".
"O que é necessário é fazer nossas pessoas perceberem que o que eles achavam que era ok, na verdade, é ruim".
Neste mês, a Nissan anunciou o recall de cerca de 1,2 milhão de veículos produzidos e vendidos no Japão em 2014 e 2017 para reinspeção, após funcionários do governo descobrirem que algumas inspeções finais estavam sendo feitas por equipe não certificada para essa atividade.
A Nissan produziu 1,015 milhão de carros no Japão no seu último ano fiscal, até março, com cerca de 400 mil unidades vendidas no país.

Fonte:AFP e G1

Sem contrato na TV, Lauro César Muniz prepara série independente

Lauro César Muniz é consultor em "Tribunal do Tempo"
O consagrado novelista Lauro César Muniz prepara-se para alçar novos voos em sua carreira. Longe da TV aberta há quase cinco anos, ele atua como consultor de "Tribunal do Tempo", série independente que será negociada com canais fechados e poderá ir ao ar nos próximos anos.
Muniz auxiliou os roteiristas Paulo Markun e Eneas Carlos na construção dos 13 episódios do programa, inspirado no argumento original da juíza Andrea Pachá - a mesma que deu origem a "Segredos de Justiça", quadro estrelado por Glória Pires no "Fantástico" - e centrada no embate entre uma jovem magistrada e um colego mais velho e conservador.
Autor de grandes sucessos da dramaturgia nacional, como "O Casarão" (1976), "Roda de Fogo (1986) e "O Salvador da Pátria" (1989), Muniz deixou a Globo em 2005 para unir-se à Record, da qual se desligou em 2015. O autor chegou a ensaiar uma volta à "vênus platinada" no ano passado, mas o projeto não vingou.
De lá para cá, o escritor chegou a ministrar um workshop para os escritores de novelas do canal chileno TVN. Sua última novela foi "Máscaras", produzida em 2012 pela Record, com maus resultados de audiência.
Com informações da coluna de Patrícia Kogut.

Fonte:RD1

Uma em cada seis mortes no mundo em 2015 esteve ligada à poluição, diz relatório

Nova Delhi, na Índia, com espessa camada de poluição em imagem de 2016 (Foto: Money Sharma / AFP)
Nova Delhi, na Índia, com espessa camada de poluição em imagem de 2016 (Foto: Money Sharma / AFP)

A poluição está por trás de 9 milhões de mortes em 2015, o que equivale a aproximadamente uma a cada seis mortes que ocorreram no mundo durante o período, informa relatório organizado pelo periódico científico “The Lancet” publicado nesta quinta-feira (19).

A poluição do ar respondeu por 6,5 milhões das mortes, a água poluída a 1,8 milhões e a poluição no local de trabalho a 0,8 milhões de óbitos. Segundo o relatório, os números podem ser maiores – já que muitos poluentes químicos emergentes sequer foram identificados.
A publicação é o resultado de dois anos de projeto de uma comissão organizada pelo “The Lancet” sobre os efeitos da poluição na saúde. Com financiamento da União Europeia, o trabalho envolveu mais de 40 organizações internacionais e foi liderado por Philip Landrigan, médico e pesquisador ambiental na Universidade de Harvard (EUA) e Richard Fuller, fundador da Pure Earth, organização não-governamental.
“A poluição é muito mais do que um desafio ambiental: é uma ameaça profunda e generalizada que afeta muitos aspectos da saúde humana e do bem-estar”, destacou Landrigan, em nota.
Landrigan afirmou ainda, em nota, que a poluição tem sido negligenciada nas agendas globais de saúde e estratégias de controle não estão recebendo financiamento suficiente.

Protesto contra mortes causadas por poluição em São Paulo em setembro de 2017 (Foto: André Emateguy e Abrãao Cruz/TV Globo)
Protesto contra mortes causadas por poluição em São Paulo em setembro de 2017 (Foto: André Emateguy e Abrãao Cruz/TV Globo)

Como a poluição está associada às mortes

Segundo o estudo, a maioria dos óbitos se deve a associação da poluição com as doenças não-transmissíveis (DNTs); entre as mais letais estão as doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, câncer de pulmão e doença pulmonar obstrutiva crônica.
Um evento da Organização Mundial da Saúde no Uruguai que ocorre essa semana reuniu mais 30 ministros da Saúde e especialistas para discutir as DNTs, que respondem a 70% das mortes no globo.
No caso da poluição da água, as mortes estão mais diretamente associadas com doenças gastrointestinais e infecções parasitárias.
Em relação às mortes no local de trabalho, o relatório aponta que a maioria dos óbitos se deu com trabalhadores expostos a componentes tóxicos – como é o caso das mortes por pneumoconiose em trabalhadores de carvão, câncer de bexiga em trabalhadores de tintas e câncer de pulmão e outros tipos de câncer em trabalhadores expostos ao amianto.

Mulher atravessa via movimentada em Pequim, na China, usando máscara para se proteger da poluição em janeiro de 2017 (Foto: AP Photo/Andy Wong)
Mulher atravessa via movimentada em Pequim, na China, usando máscara para se proteger da poluição em janeiro de 2017 (Foto: AP Photo/Andy Wong)

Industrialização desenfreada empurra números

Quase todas as mortes relacionadas com a poluição (92%) ocorrem em países pobres como Índia, Paquistão, China, Bangladesh, Madagáscar e Quênia. Nessas regiões, o peso da poluição nas mortes pode representar até um em cada quatro óbitos, informa o documento.
Esses países têm em comum o fato de terem tido uma industrialização rápida e sem o desenvolvimento de políticas que impõem restrições à emissão de poluentes.

No entanto, segundo o relatório, nenhum país sai ileso dos efeitos deletérios da poluição, já que ela é o resultado de diversas atividades humanas realizadas em ambientes industrializados e urbanos.
Apesar disso, os países pobres, além de terem mais mortes, também arcam com os maiores custos em saúde -- enquanto sistemas de saúde em países de baixa renda gastam 7% por ano com doenças associadas à poluição, esse número é de 1,7% nos países mais ricos.

Fonte:G1

Total de visualizações de página

Arquivo do blog